Governo do Estado inicia terceira chamada dos beneficiários ao Habitacional Miracema

A chamada, que vai até o dia 11 de junho, é a última desta fase. O objetivo é concluir as pendências no processo. Após este prazo serão chamados os candidatos do cadastro reserva.

As 500 primeira unidades estão sendo concluídas - Foto: Jhon Miranda

O Governo do Estado do Amapá, através da Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinf), iniciou a terceira chamada das famílias beneficiárias do Habitacional Miracema que ainda estão pendentes com documentação ou assinatura da declaração do beneficiário. O atendimento está acontecendo no prédio da Seinf, da Avenida FAB, das 8h às 13h. E vai até a próxima sexta-feira, 11,

De acordo com o setor de habitação da Seinf, das 71 pessoas que precisavam entregar documentos, 49 não compareceram na segunda chamada realizada no período de 11 a 26 de maio na Escola Deosolina de Sales Farias.

Das 46 pessoas que tinham alguma pendência documental, quatro faltaram. Já os beneficiários que faltavam assinar a Declaração de Encaminhamento de Usuário somavam 131. Desses, oito ainda não compareceram.

Pelo edital, os beneficiários com pendências terão mais uma chance de comparecer ao processo e se habilitar para receber uma casa ou apartamento no habitacional. Caso não compareçam, as famílias do cadastro reserva serão chamadas.

Os beneficiários precisam consultar o edital para confirmar horário de agendamento. Confira o edital aqui.

As primeiras 500 unidades do residencial a serem entregues já estão com 98% das obras concluídas. A entrega dos imóveis está prevista para o mês de agosto para as famílias que moram no entorno do Canal do Jandiá.

O projeto faz parte do Programa Minha Casa Minha Vida que agora atende demanda dirigida. Das 500 famílias que devem ser beneficiadas,  318 já entregaram todos os documentos e foram encaminhados à Caixa Econômica Federal.

Além disso, 49 famílias nunca compareceram a nenhuma fase do processo, ou seja, não entregaram nenhum documento desde o ano passado.